Cada um no seu quadrado

Image

Ultimamente nos jornais, em comerciais e até mesmo em conversas com empresários e funcionários – principalmente em época de natal – tenho ouvido as seguinte expressões: “Nossa empresa é uma grande família”, “a empresa X é uma família” e por aí vai. Certamente que estes dois agentes econômicos, famílias e empresas, são os alicerces de nossa sociedade e até mesmo do nosso modo de produção ou sistema econômico, porém, quando entendido sseparadamente, com funções, objetivos e propósitos distintos. 

No entanto, quanto há a intenção de fundi-los em apenas um elemento (agente), surge a minha inquietação, pois no meu ponto de vista são “conceitos” distintos e incompatíveis. Segundo Houaiss (2009),Família é: 1. grupo de pessoas vivendo sob o mesmo teto (esp. o pai, a mãe e os filhos); 2. grupo de pessoas que têm uma ancestralidade comum ou que provêm de um mesmo tronco; e 3. pessoas ligadas entre si pelo casamento e pela filiação ou, excepcionalmente, pela adoção. Podemos ainda, sem medo de errar, acrescentar que a família é o “porto seguro” de todos nós, é o núcleo onde construímos os fundamentos mais essenciais de uma sociedade como compaixão, amor, ética, respeito, ou seja, um cidadão possuidor e consciente de seus direitos e deveres. Algo que, sem dúvida nenhuma, exerce grande influência em nossas vidas. 

Ainda segundo Houaiss (2009), tem-se a seguinte definição de Empresa: 1. empreendimento para a realização de um objetivo; 2. organização econômica, civil ou comercial, constituída para explorar determinado ramo de negócio e oferecer ao mercado bens e/ou serviços; e 3. empresa como entidade jurídica, firma.

 Destaquei algumas palavras, pois a partir delas podemos ainda acrescentar que elas convergem, mesmo que em última instância, para outro termo bem conhecido: o lucro. Mola propulsora de nosso sistema econômico. Destaco que na família seus elementos sãode ordem emocional, portanto subjetivos e, via de regra estão envolvidos no desenvolvimento dos elementos que a constituem. No contra ponto, na empresa, os seuselementos possuem características mais racionais, portanto mais objetivos e meritocráticos. Isto se deve, pois a sua existência é derivada da utilização eficiente dos recursos e da efetividade de seus bens e serviços frente a demanda do mercado e da sociedade. Portanto, enquanto na família elementos como amor, compaixão e afetividade estão envolvidas, na empresa a eficácia, aeficiência, a efetividade e criação de valor são os aspectos-chave para sua existência.

Alguns leitores podem estar se indagando: e o aspecto pessoal e social da empresa? Isto não existe? A resposta é: sim! Mas não nos termos que constituem a família. Explico: quanto mais a empresa souber utilizar os aspectos-chave mencionados, inclusive seus ativos mais importantes as pessoas, maiores serão os benefícios para quem nela trabalha e para a sociedade em termos de renda, trabalho e qualidade de vida. Se uma organização é gerenciada não sob esta perspectiva, mas pelo “jeitinho”, não pela eficiência, mas pelo “QI = quem indica” e não pela geração do valor, mas pelo “sobrenome”, certamente ela estará realizando um desfavor tanto para quem nela trabalha como para a sociedade.

A empresa deve compartilhar a geração de valor com a sociedade e não compartilhar um valor gerado pela empresa com a sociedade. Em minha opinião, cada um dos entes citados deve ser complementar, sendo que cada um com seus propósitos e objetivos, ou seja, cada um no seu “quadrado”!

Autor: Prof. Dr. Maurício Lima

Colaborador do Studio Sapienza.

Anúncios
Esse post foi publicado em Prateleira Virtual e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s